fbpx

Workaholick: quando a produtividade se torna um vício.

5 passos para ser mais produtivo e saudável

Ser ALTAMENTE produtivo ou gostar de trabalhar pode ser muito gratificante, mas também, causar muito sofrimento como falta de concentração e memória, sensação de exaustão e de sobrecarga, insônia e até depressão.

Houve uma época em que tínhamos a falsa ideia de que seria possível nos concentrar em diversas coisas ao mesmo tempo. Mas a neurociência mostrou que isso é apenas PARCIALMENTE verdade. Nossa capacidade de dividir nossa atenção tem um limite. Embora nem sempre nítido e nem sempre respeitado.

Nos dias de hoje, a rotina tem exigido que a gente entre em um modo de funcionamento que nos obrigue a fazer várias coisas ao mesmo tempo. O que esquecemos é que nosso cérebro não foi programado para a quantidade de informações que exigimos que ele processe de forma simultânea.

O curioso é que muito comum resistirmos ou ignorarmos o fato de que nosso modo de trabalhar possa ser o responsável por um enorme estresse fisico e mental. E por que será?

Basicamente porque ser excessivamente produtivo e aprender cada vez mais coisas novas pode ser ALTAMENTE VICIANTE.

Isso mesmo! Constatar que você concluiu um monte de tarefas eleva instantaneamente o nível  de dopamina no centro do prazer cerebral. De forma que  nos acostumamos, passamos a querer mais e mais, e quando você menos esperar estará em overdose de trabalho.

Então, como você pode fazer para manter sua produtividade da forma mais saudável possível?

A fim de evitar a sobrecarga natural do dia a dia, é fundamental, sempre que possível, estar consciente do número de coisas que você está fazendo simultaneamente. Procurando, ao invés disso, se dedicar à uma coisa de cada vez.

Ao exercitar essa prática, você naturalmente libera mais espaço para sua concentração, criatividade, habilidade para registrar e lembrar de novas informações e PRINCIPALMENTE, para a possibilidade de ser AINDA MAIS PRODUTIVO.

Há vários coaches, sites e fóruns de empreendedorismo que oferecem instrumentos muito úteis e que, com certeza, podem ajudar. Um deles, que gosto muito é a de

praticar a priorização organizando suas metas em ordem de importância, e em seguida dividir cada uma delas em etapas crescentes. Confira a seguir 5 práticas para você alcançar uma alta produtividade sem prejudicar sua saúde física ou mental.

  1. Divida e priorize suas metas em etapas, listando tudo o que for possível ser realizado em um único dia. Seja realista com suas metas. Assim você evitará se frustrar e terá o benefício de comemorar ter feito tudo o que precisa.
  1. Procure estar sempre se conscientizando EXATAMENTE de qual etapa você está em seus planos. Isso é mais simples que parece: Basta PARAR, SE PERGUNTAR (Em que momento estou?) E RETORNAR ao trabalho.
  1. Mantenha em mente que as próximas etapas estão em uma lista de espera.
  1. Aguente firme e resista àquele desejo impaciente de mudar para outra tarefa, ou de executar duas ou até três de forma simultânea.
  1. Ao finalizar suas tarefas, aceite que o seu trabalho do dia já está concluído.

Recuperar as energias e dedicar um tempo a si mesmo para não pensar nas obrigações é um dos segredos para manter sua capacidade ao máximo nos dias a seguir.
Priorizar e colocar o cabresto na ansiedade realmente não é nada simples. Não são todos os que nascem com essa habilidade pronta, mas acredite, qualquer um pode desenvolve-la. Não podemos esperar produzir uma sinfonia de um dia para o outro porque temos habilidade com um instrumento, então, sejamos compreensivos com cada passo. Evoluir exige começar do básico, manter a calma, aceitando que aos poucos, seremos melhores do que no dia anterior.

Compartilhe pelo WhatsApp:
WhatsApp chat
X